Covid-19 | O novo normal e as consequências da pandemia

Após grandes acontecimentos, como guerras e pandemias, a sociedade mundial sofre um choque, que representa fortes mudanças de hábitos. Muitos deles não faziam parte da nossa realidade anterior, o chamado “Novo normal”.

Não é exagero dizer que o novo Coronavírus talvez seja o principal acontecimento do século XXI e, sem dúvidas, vai deixar lições para o resto de nossas vidas.

Mas quais serão essas mudanças? Estamos preparadas para elas? Será que a pandemia apenas acelerou a transformação de comportamentos que já estavam em mudança antes mesmo dos primeiros casos da nova doença? 

As populações de países asiáticos, que sofreram em anos anteriores com epidemias gripais, se previnem e fizeram de alguns gestos ações naturais do dia a dia.

A utilização de máscaras de proteção quando se manifesta algum sintoma de gripe, por exemplo, é uma prática e uma imagem comum para quem visita países como a China ou o Japão.

No ocidente, lugar menos acostumado com esta realidade, podemos dizer que o hábito é novidade, mas certamente vai durar mesmo quando a vacina estiver disponível para todos.

Aqui no Brasil, vivemos muitas adaptações durante a pandemia. O reforço a hábitos de higiene e mudanças na forma de trabalho são algumas realidades do chamado “novo normal”.

Mas afinal, o que o novo normal vai mudar em nossas vidas?

– O trabalho remoto tende a crescer – e o modelo híbrido provavelmente veio para ficar;

Um estudo sobre Tendências de Marketing e Tecnologia, publicado em 2020, afirma que o trabalho em esquema home office tende a crescer mais de 30% no Brasil.

Mesmo as funções que possuem dificuldade em se adaptar ao formato vão sofrer mudanças, pois o distanciamento e cuidado serão a tônica em todas as relações.

– Hábitos de higiene serão mais comuns

Muita gente se preocupava pouco com a higienização das mãos, dos alimentos antes do consumo e de objetos antes do manuseio. Com o novo normal, estes gestos serão mais que obrigatórios: serão também parte de uma rotina constante de cuidados.

– Maior controle sobre a saúde e prevenção

A pandemia mostrou também o quanto é importante manter doenças como diabetes, pressão alta e outras comorbidades – associação entre duas ou mais doenças, ao mesmo tempo, em um paciente – sob controle. As pessoas acometidas por essas doenças estão no grupo de risco, por isso, perceberam o quanto é essencial se cuidar frequentemente.

– Uso constante de máscara e álcool em gel

No novo normal, o uso de álcool em gel e máscaras de proteção ainda estará presente.

As pessoas tomaram consciência e perceberam o quanto o uso de máscaras e a desinfecção com álcool 70% são fundamentais no autocuidado e na preservação das pessoas próximas.

– E nos serviços de Atenção Domiciliar, o que vai mudar?

Na Pronep, sempre tratamos a segurança dos nossos pacientes com máxima prioridade.

Um dos critérios para receber a certificação internacional Joint Commission International é ter a segurança como assunto indissociável dos cuidados feitos em Atenção Domiciliar. Ao todo, o selo de acreditação da JCI nos foi concedido por 5 vezes.

Desde o início da pandemia, a equipe que acompanha o dia a dia na casa dos pacientes toma constantemente todos os cuidados necessários para preservar a saúde e bem estar de todos. Nada é feito sem que nossas comissões avaliem critérios e certifiquem a efetividade de cada um dos que são colocados em prática.

Na verdade, para quem trabalha na Pronep, o novo normal nada mais é que uma normalidade que sempre fez parte das nossas atividades. Aqui, o paciente sempre está seguro e no centro do nosso cuidado.

Conheça mais sobre a Pronep Life Care na home do site e nas redes sociais.

Somos movidos pela vontade de fazer o bem: ouvir, sentir e cuidar.